A gente sabe que uma preocupação muito grande das nossas clientes é a parte financeira. Ter um bebê, apesar de ser uma alegria imensurável, pode ser uma mudança inesperada na vida financeira de muitos casais. Porém, nada de desespero! Com um pouquinho de organização, você poderá ter todas as suas necessidades – e do bebê, evidentemente – amparadas.
Não há muitos segredos, quando falamos em finanças. O mantra de que devemos gastar menos do que ganhamos é realmente a base de toda ação de planejamento financeiro. Como sempre dá para aproveitar melhor o nosso dinheiro, trazemos abaixo algumas dicas, enviadas pelo professor universitário Ivan Pegoretti, mestre na área de administração e especialista em finanças.
– Tente organizar suas finanças mantendo uma reserva. Separe um pedaço do seu orçamento, e programe um depósito em poupança automaticamente assim que receber seu salário ou pagamento. Se possível, faça isso para uma poupança que você nem tem cartão e/ou acesso, para não cair na tentação de gastar. Na impossibilidade de separar um valor mais alto, comece pelo mínimo que você conseguir. Se só der pra economizar R$ 30,00, é melhor do que não guardar nada! Pense a longo prazo: 30 reais por mês significa 360 reais em um ano. O que você faria se tivesse 360 reais agora no fim do ano?
– Estabeleça prioridades. O que é mais importante neste momento? O quarto do bebê? O enxoval? Uma eventual mudança de casa? A sua prioridade deve ser onde você irá despejar a maior parte dos seus recursos.
– Pense no futuro do bebê. Muitas mães se preocupam com o futuro dos filhos: escola, faculdade, até mesmo um intercâmbio no exterior. Muitos dizem que não é necessário se preocupar com isso, pois algumas dessas coisas só acontecerão daqui a 15 ou 18 anos. Porém, se você não começar a poupar agora, daqui a 15 ou 18 anos a despesa será muito maior. A tática de ter uma poupança para o bebê desde que ele nasce costuma ser muito eficiente. Outras aplicações, como fundos de renda fixa e previdência também podem e devem ser consideradas nessa hora.
– Tenha ajuda de especialistas. Não é vergonha nenhuma pedir ajuda para um amigo especializado ou até mesmo contratar um profissional que ajude a gerir suas finanças. A maioria dos bancos também já oferece este tipo de consultoria gratuitamente, e entidade como o Sebrae também ajudam pessoas a ter uma organização financeira melhor.
São dicas fáceis de seguir, e que podem fazer toda a diferença para que a gravidez seja um momento de alegria e não de preocupação!
A Belly Moon te ajuda te oferecendo o Kit de Faixas e Extensores. Com ele, você poderá continuar usando todas as suas calças jeans, e não terá que comprar novas, podendo direcionar seu orçamento para outras peças de roupa ou até mesmo para outras prioridades. Clique aqui agora mesmo para conhecer um pouco mais sobre este produto!
Seu Carrinho